HISTÓRICO

Iniciamos este relato histórico, retornando a uma época importante para o ensino da Língua Espanhola no Amazonas, quando se deu a organização do movimento hispanista no Estado, a partir da fundação, em 08 de novembro de 1989, da APE-AM, instituição representativa dos docentes e hispanistas no Estado do Amazonas. Por muitos anos, os esforços da APE-AM para divulgar o hispanismo no Estado se deram por meio de variados eventos, realizados na capital do Amazonas e em cidades do interior.

Em meio a esse panorama, outro agente social se juntou à APE-AM no intuito de fomentar o hispanismo no Amazonas, e, em especial, de proporcionar o ensino da Língua Espanhola no Estado. Em 2003, em sua sede em Manaus, a Ufam criou o primeiro Curso de Graduação em Letras com habilitação em Língua e Literatura Espanhola do Estado, coordenado pela Professora Dra. Elsa Otilia Heufemann Barría, à época, também Presidente da APE-AM. A partir de então, a formação de professores de Língua Espanhola no Amazonas se tornou realidade.